não, não tem problema, pode tirar o sapato.

(senta aí. tem coca na geladeira e cuca de quechimia no forno)

domingo, 4 de dezembro de 2011

divulguem, por favor.

uma história feia. de gente desonesta. cheia de falta de respeito e de abuso.
*
o apartamento em que morei assim que o theodoro nasceu (novembro, vai pensando no calor) e permaneci por um ano, tinha apenas duas janelas. as duas estragadas desde que chegamos (não abriam e nem fechavam), mas com promessa constante de conserto por parte da imobiliária (sperinde) que estava nos locando o imóvel. porém..., o conserto em questão nunca aconteceu. durante todo o ano, várias empresas foram até o local fazer orçamento, mas nenhuma delas jamais executou o serviço. funcionava assim: eu ligava e dizia que a situação estava insustentável, eles mandavam uma empresa fazer orçamento e pediam prazo de 48 horas para aprovação junto a proprietária... esta cena aconteceu dezenas de vezes, sem exagero.
*
quando formos embora (exatamente por este motivo, não dava pra aguentar o calor e a falta de ventilação lá dentro) a imobiliária queria que deixassemos as tais janelas "zeradas" e prontinhas. nos disse que deveria ser assim (?!). é óbvio que não foi o que fizemos! é óbvio que entramos com um processo (que incluia fotos de roupas e mais roupas que mofaram (não entrava sol nunca), vistoria, testemunhas (os porteiros abriam as portas para as empresas subirem), orçamentos e tudo o mais) para não sermos responsabilizados por um estrago que não foi feito por nós (só por isso, por termos sido intimados a pagar uma coisa que foi danificada anteriormente eu já acho a situação toda bizarra e inacreditável)...
*
três anos se passaram desde então e na útima sexta-feira, por ordem judicial, nossa conta bancária foi bloqueada. a nossa e a do meu sogro (fiador). todo (claro que né, é meia dúzia de ptb, mas é que temos para passar o mês) o dinheiro de ambas as contas (nossas e dele) está bloqueado.
*
na segunda o advogado vai atrás, mas já deixou claro que talvez o dinheiro bloqueado não seja devolvido.
*
e (um revoltante) fim.

6 comentários:

Guga disse...

puta merda!

Luiza disse...

Mas se vocês têm um processo no qual descrevem a situação do imóvel, inclusive demonstrando os danos, talvez o advogado consiga desbloquear o dinheiro (tô torcendo aqui!). Mas a situação é revoltante - que gente, né... Quando aluguei um apartamento antes deste que moro, o proprietário autorizou que eu tirasse uma pia caindo aos pedaços e quando saí queria que eu colocasse de volta ou indenizasse o valor. A sorte é que eu tinha uma carta do cara autorizando a retirada do móvel-cacareco. Boa sorte!!!

chaverdecomlimao disse...

que absurdo isso!!! que merda essas imobiliárias!
tomara que consigam desbloquear e também que essa imobiliária (de nome até) tenha que pagá-los por danos morais...

Débora disse...

Que nojo!!!
Olha, fiquei com uma raiva aqui que nem te conto! Isso é coisa de gentalha desqualificada!!
Fico torcendo muito e muito que tudo se resolva bem e rápido!

O Mordomo disse...

vc conhece o www.zaanga.com.br?
iniciativa bacana... as reclamações de lá são levadas ao ministério público. informe-se!

lili cheveux de feu disse...

mas que bando de canalhas!!! e podem fazer isso, bloquear as contas dos outros assim? que absurdo.