não, não tem problema, pode tirar o sapato.

(senta aí. tem coca na geladeira e cuca de quechimia no forno)

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

se eu não existisse alguém tinha que me providenciar...certo.

moço para o carro ao meu lado e baixa o vidro:
- oi, anita garibaldi, por favor?
- segue reto aqui, moço..
- é longe?
- dá uns oito pilas de táxi.
*
*
*
afinal, cada um mede as distâncias como pode, não é assim?

Um comentário:

chaverdecomlimao disse...

Sem falar que "pila" é moeda de gaúcho, né?!?!? rsrsr